• Ganzza

    Infelizmente, a história do Dentinho não foje à regra dos meninos boleiros de origem pobre. Como não há no Brasil (pelo menos no Corinthians) um esquema de formação cultural, técnica e moral da molecada, os caras ficam à mercê dos (e das) oportunistas que só querem aproveitar o momento top deles e depois jogam o bagaço fora. Na verdade, eu nunca vi muito futebol por parte desse menino, mesmo. Tomara que ele se encontre lá fora.
    Vá com Deus, Dentinho.

    Responder

    Mano Carlão Respondido em maio 19th, 2011 21:27:

    Vá com DEUS, Dentinho.
    A sua observação acima é perfeita, caro Ganzza.

    Responder

    Juliano Serpeloni

    Juliano Serpeloni Respondido em maio 20th, 2011 22:12:

    Gosto do Dentinho. Ainda tem muita lenha pra queimar. Vai deixar saudades. Mas já tava na hora de ir mesmo.

    Responder

  • Ricardo Elias

    Se esse Weldinho jogar toda essa bola com a toda poderosa, é melhor o alessandro colocar a barba de molho.

    http://www.youtube.com/watch?v=QRTpkVm3WKo

    Responder

  • Ricardo Elias

    Belo Texto Edu, PArabéns

    Responder

    Edu Cury

    Edu Cury Respondido em maio 18th, 2011 17:44:

    Obg Ricardo. O Dentinho é um cara que eu achava sensacional em certo ponto da carreira dele. É realmente uma pena pra ele e pro Corinthians que tenha relaxado tanto.

    Responder

  • Edson

    Gosto muito do Dentinho, mais pela origem e o jeito Corinthiano de ser do que pelo futebol. Bela puxada pela memória, Edu. A história inteiro do dentuço tá condensada aí em cima. E desejo ao Dentinho toda a sorte do mundo, que ele é batalhador e merece.

    Responder

  • Bruna F. C.

    Ah que saudade me deu do time de 2008, do Herrera…e pena o Dentinho ter vivido aquilo e não ter aprendido.

    Responder

  • Geise M

    Ótimo texto Edu,parabéns!
    Como bem escreveu o Edson logo acima,eu também gostava mais da história de vida dele e da identificação que ele tinha com o corinthians do que o com o seu futebol,que eu em nenhum momento me encantou.
    Espero,sinceramente,que esse retiro na gelada,fria Ucrânia faça ele repensar e crescer,senão infelizmente será mais um Muller da Vida.
    PS: Esses dias eu estive assistindo alguns jogos do corinthians no 1º semestre de 2009. E só tenho uma coisa pra dizer: Que saudadeeeee daquele time!! e que vergonha desse time atual!!

    Responder

  • daniel

    Apenas complementando seu raciocinio, o que o Dentinho não aprendeu com o Fenomeno foi que esse aporte midiático traz consigo não só o bonus mas o onus também, e que o Fenomeno sempre se deu muito bem pq sabia usar a midia a seu favor e dentro de campo fazia sua parte. O Dentinho “se esqueceu” de fazer sua parte em campo e o onus da mídia começou a pesar demais em seus ombros. Bola esse muleke tem pq ele já mostrou isso em certos momentos da sua carreira, oq ele deve fazer é superar essa fase, por a cabeça no lugar e voltar a jogar bola!!

    Responder

  • Jefferson Müller

    DENTINHOO CORINTHIANS Nãoo Vai O MesmoO Com Vôc TudoO Vai Mudar Vôc e Minha InpiraçãoO Pra eoO Nunca Desistir do meoO sonhoO Ainda Vou Jogar Com Vôc C DEUS QUIZER

    Responder

    Edson

    Edson Respondido em maio 19th, 2011 12:35:

    C bebeu, fio?

    Responder

    Edu Cury

    Edu Cury Respondido em maio 19th, 2011 12:49:

    Kkk
    Tem jogador famoso usando fake pela web.
    Assume isso ai, pô.

    Responder

    ricardoelias

    Ricardo Elias Respondido em maio 21st, 2011 16:59:

    “pra eo” deve ser jogador msm kkk

  • João

    Não entendo nada de futebol mas concordo que o dentinho caiu muito e desejo que ele encontre o futebol que dizem q ele sabe jogar. Modéstia parte nunca achei q ele seria um craque. E… pra aqueles que falam mal do goleiro do Timao, que tal o Renan do Avaí?

    Responder

  • João

    http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20110519/not_imp721257,0.php

    Andrés: ”As obras começam na terça”

    19 de maio de 2011 | 0h 00

    Wagner Vilaron – O Estado de S.Paulo

    Os ares da Bahia jogaram a favor do Corinthians. Comandatuba, uma das regiões mais badaladas do litoral baiano, serviu de palco para as discussões que vão resultar na assinatura do contrato entre o clube paulista e a construtora Odebrecht, passo essencial para que o sonho do estádio alvinegro finalmente saia do papel. Depois de muita apreensão, o acordo: “As obras começam na terça-feira”", revelou ontem Andrés Sanchez.

    O presidente corintiano abriu o jogo à noite, mas à tarde alguns de seus interlocutores circulavam pelo Parque São Jorge sorridentes e confiantes. Sabiam que o acordo era questão de horas.

    E a justificativa para tal animação, justamente em um momento no qual o projeto de Itaquera é extremamente contestado e sofre fortes ameaças de outras capitais interessadas em receber o jogo de abertura da Copa do Mundo de 2014, está na presença de um ilustre corintiano nas decisivas reuniões: o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva.

    Em Comandatuba, Lula sentou-se à mesa com Sanchez e representantes da construtora. Depois de ter usado seu prestígio e poder, ainda como titular da cadeira no Palácio no Planalto, para o desenvolvimento inicial do projeto, o ex-presidente voltou à cena quando percebeu que a situação poderia desandar. “Quem acha que o Lula está em casa, de pijamas, apenas assistindo à banda passar, está muito enganado”, afirmou à coluna pessoa com bom trânsito na chefia de gabinete da Presidência, em Brasília. “O Lula participou do início deste projeto e vai participar do final também.”

    O principal item da pauta dos últimos encontros foi o desafio de fechar a conta da obra. O orçamento para atender à configuração exigida pela Fifa para receber a abertura do Mundial está em, aproximadamente, R$ 700 milhões. A linha de crédito especial oferecida pelo BNDES é de R$ 400 milhões.

    Em um primeiro momento, a Odebrecht bancaria a diferença de R$ 300 milhões. Em seguida, comentou-se que o poder público poderia se envolver no negócio a fim de garantir São Paulo como palco do momento mais importante do evento, possibilidade que provocou – com toda razão – reações negativas.

    Atualmente, a opção mais viável é a utilização da receita esperada com o “Naming Rights” para cobrir essa diferença. Sanchez e diretores da construtora confidenciaram a parceiros que chegaram ao Corinthians estudos que provam a viabilidade desse dinheiro.

    Perguntar não ofende.
    Alguém se disporia a explicar como um estádio que é projetado para receber a abertura do Mundial pode custar “menos caro” do que outros que passarão por reformas para receber partidas menores?

    Outro tema tão intrigante quanto recorrente e que as autoridades e responsáveis pela organização da Copa simplesmente fingem não existir é o destino do estádio de Brasília. Assusta a naturalidade com a qual essa gente trata o nascimento de um exemplo típico da espécie “elefantiz branquius”.

    Responder

    Edson

    Edson Respondido em maio 19th, 2011 15:59:

    Moro em Brasília e discordo radicalmente da ideia de que será um elefante branco. Porque não será apenas estádio, mas uma arena multiuso, como, aliás, será também o Fielzão. Será o primeiro espaço para megaeventos digno do nome para a cidade. Hoje os grandes shows ocorrem no estacionamento do Mané Garrincha ou no gramado do Eixo Monumental ou em locais absolutamente impróprios. A cidade precisa de e merece um espaço para estes eventos.

    Responder

    Mano Carlão Respondido em maio 22nd, 2011 10:38:

    Concordo com o mano Edson.Já morei em Brasília e é assim mesmo (grandes eventos feitos no meio da rua, Brasília não merece…..

    Responder

    Carlos Roberto Respondido em maio 21st, 2011 20:16:

    Contra tudo e contra todos o Corinthians vai abrir o mundial de 2014 !
    Quanto a Dentinho nunca achei um jogador excepcional; é um garoto a procura de identidade!
    boa sorte Dentinho!

    Responder

  • Joao Henrique Levada

    Edsô, comentário supimpa!

    Bem que alguém poderia mostrá-lo ao Sr. Bruno Bonfim.

    Abraços.

    Responder

  • João Picoli

    E a troca do J marrento pelo andrezinho…???

    Responder

    Carlos Respondido em maio 22nd, 2011 3:14:

    Reformular é preciso essa base antiga já deu o que tinha que dar agora é olhar pra frente e torcer pro bill não voltar…ah sim e o souza tb.

    Responder

    joaopicoli

    João Picoli Respondido em maio 23rd, 2011 14:33:

    bil e souza? Não force a barra,irmão!!! kkkkkkkkkkkkkk

    Responder

  • Neco

    Estamos sob ataque.

    O lobby sãopaulino, aliado às pragas do anticorinthianismo, resolveu gastar suas últimas baterias na tentativa de impedir a concretização do Fielzão.

    Sabem que o surgimento do novo estádio corinthiano estará decretada a insustentabilidade econômica do trambolho do Jardim Leonor.

    Pois, sem a Fiel, sem os shows internacionais, e só com a sua inconstante e fria torcida, não há como o SPFW manter o próprio estádio.

    A viabilização do Fielzão enfrenta problemas, pois 3 anos foram perdidos com a insistência de Serra, Kassab, Feldman, Caio Carvalho e João P.J. Lopes na indefensável candidatura do estádio sãopaulino.

    Agora, o tempo escasseia, e surge a oportunidade de atrasarem o nosso lado e melarem de uma vez a Copa-2014 em São Paulo – junto, o Fielzão.

    E passaram a pipocar manifestações na imprensa que tentam fazer crer que o maior dos problemas da Copa-2014, se não o maior problema do Brasil, é a construção do Fielzão.

    A seguir, algumas dessa manifestações:

    http://blogdojuca.uol.com.br/2011/05/a-copa-em-sao-paulo/

    http://blogdobirner.virgula.uol.com.br/2011/05/20/povo-de-sao-paulo-manifeste-se-a-sociedade-precisa-de-voce/

    http://espn.estadao.com.br/paulocalcade/post/192529_SEM+DINHEIRO+PUBLICO+SEM+MUNDIAL

    http://blogdoperrone.blogosfera.uol.com.br/sem-categoria/faltam-licenca-ambiental-e-r-30-milhoes-para-corinthians-se-livrar-de-dutos/

    http://blog.jovempan.uol.com.br/fernandosampaio/geral/itaquerao-andres-pede-mais-dinheiro-publico/

    http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/2011/05/20/andres-escancara-a-dependencia-de-lula-sem-ele-nao-ha-o-estadio-corintiano-que-vai-consumir-r-15-bilhao-e-o-ex-presidente-tirou-os-pijamas-obras-comecam-ja-na-terca/

    http://blogdocruz.blog.uol.com.br/arch2011-05-01_2011-05-31.html#2011_05-20_00_50_45-139474431-0

    Os corinthians precisam se unir e se mobilizar contra esse ataque reacionário.

    O Corinthians precisa ser defendido.

    A Fiel tem que mostrar a sua força.

    A força de uma paixão que há 100 anos luta contra a discriminação, o preconceito, as armações, as intrigas e a inveja, e que carregou o Corinthians das várzeas paulistanas ao título de 1° Campeão Mundial de Clubes e à condição de clube mais importante do Brasil.

    Aqui é Corinthians!

    Responder

  • Amarelou de tanto pipocar.

    Responder

  • Dentinho eu valorizo muito seu futebol

    Responder

  • marcus vinicius machioli dos santos

    dentinho você fais falta do timão

    Responder